Notícias

Confira as últimas notícias do setor:

20 de Outubro de 2020

Concórdia tem o 5° maior efetivo de suínos do Brasil

Em SC, o município é o líder em quantidade de cabeças de suíno


19/10/2020 às 07h57
Atualizada em 19/10/2020 - 08h08

 

A pesquisa Produção da Pecuária Municipal (PPM) 2019, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na última semana, apontou que Concórdia é um dos municípios com maior efetivo de suínos no Brasil. Está em primeiro lugar em Santa Catarina e em quinto lugar em nível nacional. A data de referência da pesquisa é 31 de dezembro do ano passado.
 
O levantamento aponta que Concórdia subiu uma posição em relação à edição anterior da pesquisa, realizada em 2018, e indica ainda que o município terminou 2019 com um efetivo de 393.255 cabeças de suínos. Toledo, no Paraná, Rio Verde/Goiás, Uberlândia/Minas Gerais e Marechal Cândido Rondon, no Paraná, são as quatro primeiras cidades da lista em nível nacional.
 
Além de Concórdia, na pesquisa aparecem outros dois municípios da região entre as 20 cidades com maior rebanho suinícola do país: Seara, na posição 15, e Xavantina, no 20º lugar. No estado, elas aparecem em quarto e quinto lugares, respectivamente. Na lista, aparecem ainda outras cidades catarinenses entre as que se destacam no efetivo: Braço do Norte (7º lugar) e Videira (11º lugar).
 
A pesquisa ainda apontou que Santa Catarina segue com o maior rebanho de suíno no país, apesar de ter registrado uma queda em relação ao ano anterior. Em 31 de dezembro do ano passado, o Estado possuía um rebanho de 7,5 milhões de cabeças. Paraná e Rio Grande do Sul apareciam em seguida. O efetivo de suíno do país, em 2019 era de 40,6 milhões.

Dados gerais

De acordo com os dados divulgados na quinta-feira (15/10), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estaística, o rebanho de suínos brasileiro reduziu 1,6% em 2019, somando 40,6 milhões de cabeças. Em contrapartida, o número de fêmeas destinadas à procriação (matrizes) apresentou acréscimo pelo terceiro ano consecutivo e atingiu a marca de 4,8 milhões, alta de 0,5%, o que indica, segundo Mariana, que os produtores estão realizando investimentos no setor.

Em 2019, a região Sul, que detém quase metade do rebanho do país (49,5%), teve efetivo 2,4% menor de suínos que em 2018. Toledo (PR) foi a cidade com o maior número de cabeças: 1,2 milhão.


Fonte: Rádio Rural

 

G&S Agro Informática © 2013 - Todos os direitos reservados
Acesso Restrito | Download TeamViewer
Desenvolvido por: Lovatel Agência Digital